Os 5 maiores erros que não te deixam crescer no marketing multiníve

Você sabe que o Marketing Multinível é um bom negócio. Vê as pessoas ao seu redor alcançando seus objetivos, prosperando com esse modelo de vendas e não consegue compreender por que com você não está dando certo. Não precisa se preocupar, pois hoje vamos falar de alguns dos erros mais comuns que impedem as pessoas de fazerem sucesso com o Marketing Multinível!

1) Não acreditar

Será que você está mesmo depositando sua confiança em você e no seu trabalho? Muitas vezes nós nos sabotamos, colocando problemas onde não existem, deixando de acreditar no nosso potencial e até mesmo tomando atitudes que no fundo sabemos que não vão funcionar. Isso é mais comum do que você pensa. Para quebrar esse ciclo, seja seu melhor amigo. Converse com você mesmo, lembre-se de todos os passos que você deu para chegar aonde está agora, de todo o tempo que dedicou estudando, se aperfeiçoando e aprimorando seus métodos. Pense em tudo o que você abriu mão e tudo o que você melhorou para se tornar quem você é hoje, e que mesmo assim ainda está em constante evolução. Perceba que já trabalhou muito até agora, e por isso tem sim o direito de confiar em si mesmo. Isso é essencial para que você adquira uma postura confiável perante as outras pessoas. Afinal, se nem você mesmo acredita no que está falando, como vai convencer outras pessoas a acreditarem?

2) Não planejar

Para prosperar é preciso traçar um plano, baseado no que você quer conquistar. É importante saber aonde você quer chegar, se é complementar uma renda que você já tem, fazer uma reserva financeira, atingir uma meta pessoal, como comprar um carro ou uma casa por exemplo, ou mesmo se é mudar de ramo de trabalho, tendo mais tempo para a família e mais qualidade de vida. Isso é determinante no quanto você precisará se dedicar ao Marketing Multinível e quais estratégias poderá utilizar. Além disso, ter em mente o que deseja é uma grande motivação para trabalhar todos os dias.

Fazer planos evita que você desperdice seu tempo e seu trabalho com ações que não vão funcionar, ou que vão dar resultados muito pequenos. Para saber se esse é o seu caso, vamos fazer um exercício: faça uma análise dos seus últimos dias de trabalho. Quais decisões você tomou precipitadamente? Quais você demorou demais para tomar e acabou perdendo uma oportunidade? Quantas vezes você passou muito tempo se lamentando e acabou não olhando para as outras possibilidades?

3) Não usar os meios digitais

Falamos sempre da importância de utilizar ferramentas digitais para atingir o público alvo das suas vendas. Você pode utilizar as redes para vender seus produtos, transformando-as em uma espécie de catálogo dos seus produtos. Ou ainda, pode compartilhar sobre os benefícios da sua profissão, tornando-se um influenciador e conquistando pessoas para fazer parte da sua rede de vendedores. Para saber mais sobre como fazer isso, leia nossos artigos anteriores e também cadastre-se na nossa newsletter e não perca mais nenhuma de nossas dicas!

4) Tornar-se o “vendedor chato”

Todo mundo conhece ou já conheceu uma pessoa que quando vê na rua ou aparece na tela do celular arrepia a espinha e vem aquela certeza: ela vai querer te vender alguma ideia ou produto milagroso. Não seja essa pessoa.

Você pode realmente ter um produto maravilhoso que todos precisam conhecer, mas muitas vezes a propaganda sutil faz mais efeito do que a convencional. Procure antes de mais nada fazer colegas e amigos, não somente vender o tempo inteiro. Os elos de amizade, de parceria e gentileza costumam fazer mais efeito na hora das vendas, além de serem muito mais agradáveis.

Em relação aos meios digitais, também é preciso se se atentar para não ser desagradável. A internet pode causar uma falsa sensação de proximidade, e algumas pessoas exageram, fazendo postagens atrás de postagens, enviando muitas mensagens, incluindo em grupos sem avisar, marcando em fotos e publicações. Isso só afasta potenciais clientes e parceiros, por isso tenha sempre em mente a regra de ouro: Você gostaria que tivessem esse tipo de abordagem com você? Você se interessaria em conhecer mais sobre o que divulgando se chegasse até você dessa forma?

5) Trabalhar sem regularidade

Para conseguir bons resultados, estipule uma certa constância. Mesmo que você opte por trabalhar menos horas por dia, por exemplo, procure estabelecer uma rotina. O trabalho fica mais organizado, e seus clientes e parceiros vão aos poucos se acostumar com seus horários. É bem melhor fazer um pouco todos os dias (ou pelo menos nos dias de semana), do que se dedicar muito em um dia, ter um resultado incrível e depois ficar uma semana inteira sem falar ou fazer qualquer coisa relacionada ao trabalho.

Além disso, temos que levar em consideração a intensidade desse trabalho. Não é raro que pessoas com pouco tempo disponível consigam se destacar mais do que pessoas que se dedicam mais intensamente ao Marketing Multinível. Isso acontece principalmente por causa da qualidade do tempo dedicado. Geralmente essas pessoas trabalham pouco com o Marketing Multinível, mas trabalham todos os dias e aproveitam bem o tempo, planejando suas ações e tomando medidas efetivas. E isso só é possível com planejamento, estudo, consciência e consistência.

BÔNUS

Trabalhar com uma empresa que não dá suporte ao vendedor

A grande jogada do Marketing Multinível é poder aproveitar a estrutura de uma grande empresa sem precisar de um investimento alto, então procure uma empresa que possa te auxiliar com materiais, com propaganda, com produtos de qualidade e com materiais de estudo e planejamento.

Quando você trabalha com bons produtos, com parceiros que cumprem prazos, com uma empresa que pensa em capacitar e estimular o revendedor, as coisas ficam muito mais fáceis. Se você ainda tem dúvidas sobre a empresa com a qual gostaria de trabalhar, conheça toda a nossa estrutura e o nosso Plano de Negócios, e surpreenda-se com o que a Cless pode fazer por você.

Boas vendas!

Tags:

Voltar para Blog

Oportunidade Cless

Estamos construindo a maior rede de empreendedores do Brasil.

Junte-se a nós!